Dicas de produtividade: entrevista com Bruna Diniz

Uma das melhores partes de se ter um trabalho online é, para mim, poder conhecer outras pessoas tão doidas quanto eu. E quando digo doidas quero dizer isso no melhor sentido da palavra, obviamente. Afinal, para ser obcecada por organização e por produtividade a pessoa precisa ser um pouquinho fora da curva.

A nossa entrevistada de hoje é mais uma dessas pessoas bacanas que a internet me deu o prazer de conhecer: a Bruna Diniz. Conheci o trabalho dela esse ano, lá pelo Instagram – essa maravilhosa caixinha de surpresas – e me apaixonei de cara.

Ela é consultora de qualidade do tempo e de soluções digitais e tem um blog maneiríssimo cheio daqueles assuntos que a gente adora: aplicativos e vida digital, organização de tempo e de rotina, formas inteligentes de se otimizar a vida e muitas outras coisas. O conteúdo é super digno, de primeira qualidade.

A Bruna ajuda as pessoas a serem mais produtivas e a aproveitarem melhor o seu dia-a-dia – tudo o que o povo mais anda precisando ultimamente.

Convidei ela para uma entrevista e aí embaixo vocês vão ver as respostas que ela deu para perguntas como: “qual é a maior dificuldade que os seus clientes geralmente têm na hora de se organizar?” e “quais são os hábitos diários e semanais que você mantém para ser sempre produtiva?”.

Vamos aumentar a nossa rede de dicas & de conhecimento, minha gente. 🙅

Pegue uma xícara de café, sente-se confortavelmente no sofá e venha ler a entrevista. Compartilhe nos comentários, depois, qual foi o maior insights que a Bruna te deu! 💡

 
 

Seja bem-vinda, Bruna! Antes de tudo, conta pra mim e pros leitores como foi que você se tornou consultora de produtividade.

Eu sou uma pessoa prática e sempre organizei e otimizei as coisas ao meu redor, desde atividades escolares até tarefas no meu trabalho. Profissionalmente, fiquei bem pertinho quando atuei como gestora de projetos digitais. Parte do meu trabalho era garantir que a minha equipe não surtasse com a quantidade de tarefas, que eles tivessem uma rotina agradável, que tudo saísse nos conformes e que o projeto ficasse pronto na data combinada.

Depois que saí da agência, comecei o Workaulait por puro prazer – até meia dúzia de pessoas me perguntarem porque diabos eu não vendia meu conhecimento. Parei e pensei: por que eu não vendia, mesmo? A partir daí comecei a estruturar os meus serviços. Às vezes a gente acha que o que fazemos por puro prazer não tem valor para o próximo, mas podemos, sim, oferecer o que amamos fazer em forma de trabalho e ajudar alguém na outra ponta. 

 

Qual costuma ser a maior dificuldade que os seus clientes têm na hora de serem mais produtivo no dia-a-dia?

Eu diria que a busca frenética por ferramentas. O que mais me perguntam é "qual é o melhor aplicativo", "qual eu uso?" e "porque uso esse se fulano usa o outro?". É como se as pessoas estivessem correndo atrás de uma ferramenta mágica que resolvesse todos os problemas do dia a dia. Ser produtivo vai muito além de um conjunto de aplicativos e de fazer cada vez mais e mais tarefas. Acredito que a produtividade está, na verdade, relacionada ao profundo conhecimento de si mesmo e do seu trabalho.

 

O que você faz, diária ou semanalmente, para se manter produtiva? Algum hábito bacana, alguma estratégia?

Descanso. 😜

Pode parecer maluquice para uns, mas eu realmente boto fé no ócio criativo. Quem trabalha em casa ou por conta própria acredita que é preciso trabalhar 24/7. Eu já acredito que faríamos nosso trabalho com muito mais qualidade e em menos tempo se estivermos com a cabeça fresca e no lugar. Separei um dia da semana para mim, que é quando eu posso fazer qualquer coisa: passear o dia inteiro, assistir Netflix ou fazer um curso. A ideia é para desligar a mente e recarregar a energia.

 
 

Agora conte pra gente qual foi a maior e melhor sacada em relação à produtividade e organização que você já teve. Aquela mais fez diferença para você?

A gente vê e pinta a produtividade como "faça mais e mais e use uma penca de métodos e aplicativos", mas a produtividade e a organização vão muito além de termos o aplicativo perfeito que funcione pra nós. Eles podem dar uma mão, sim. Mas quando a gente passa a ver que a produtividade não é dar check em 50 tarefas por dia e que a organização precisa vir de dentro – e não só manter a mesa em ordem –, conseguimos identificar melhor o nosso objetivo e nos planejar melhor.

 

Quais são as três coisas mais práticas & efetivas que as pessoas podem fazer para ter um dia e uma semana produtiva? Se você pudesse apenas das essas três recomendações, quais seriam?

Autoconhecimento, planejamento e manutenção. Se você se conhecer bem e conseguir identificar os seus melhores horários para trabalhar, você pode unir isso ao planejamento do dia e da semana em um calendário. Pode ser algo bem simples mesmo, o importante é deixar claro onde começa e onde termina o trabalho e em quais dias e horários melhor se encaixam determinadas tarefas.

Por exemplo: se você é um criador de conteúdo e o seu horário mais criativo é durante a manhã, não adianta planejar essas atividades para o período da tarde. A manutenção entra justamente depois. Uma semana produtiva depende muito do seu ritmo, do seu jeito, dos seus compromissos. Não deu certo o planejamento dessa semana? Faça a manutenção do planejamento mantendo o que deu certo e mudando o que incomodou.

 

Qual é a parte de ser consultora de produtividade que você mais gosta? Aquela que é mais gostosa?

Transmitir conteúdo e soluções. Quem está dentro do problema nem sempre consegue ver facilmente uma saída, mesmo que ela esteja ali bem na frente do seu nariz. Às vezes, tudo o que precisamos é aceitar a ajuda de alguém que abra os nossos olhos e nos mostre novos caminhos e ensinamentos.

 

Quais são as suas maiores metas para 2017 e como você pretende chegar lá? Compartilhe com a gente um pouco dos seus objetivos!

Estou trabalhando em um novo produto e em alguns cursos. Ainda não posso falar muito, mas estão todos planejados em cronogramas – com a data de desenvolvimento e a previsão de finalização, além de terem tarefas bem divididas e detalhadas para facilitar na produção.

Um bom caminho pra quem quer tirar o projeto do papel.

 

Qual é a grande tendência que você acha que vai acontecer no campo da produtividade pessoal no Brasil, nos próximos anos?

Eu gostaria muito, do fundo do coração, que a maior tendência fosse não ter tendência. A gente precisa parar de ver a produtividade como moda ou como selo de excelência. Você pode ser produtivo de manhã e assistir novela a tarde toda, se quiser. Você pode dormir até às 12h e fazer tudo que precisa na parte da tarde e também será produtivo.

Espero que aquele aplicativo famoso não seja tendência, mas uma ajuda; que o método mais usado não seja obrigatório, mas uma possibilidade; que o livro mais vendido não seja seu um manual, mas o seu guia. Produtividade é algo particular de cada indivíduo e não uma receita de bolo de pão de ló que todo mundo faz igual.

 
 

Agora um pouco de honestidade, hein: qual tem sido a sua maior dificuldade para se manter produtiva? Aquela pedra no sapato que você anda tentando superar?

Feriados. Ah, como eles bagunçam a minha rotina! Eu gosto de ritmo e os feriados quebram eles como ninguém. Feriados e finais de semana, para mim, são dias para passar com a família, então acabo me desligando mesmo. Aí perco um dia aqui, outro ali e fica tudo bagunçado. Às vezes, quando o feriado cai no meio da semana, tento ignorar e trabalhar um pouquinho, só para não perder todo o ritmo.

 

Ó, muitíssimo obrigada por compartilhar um pouco de você com a gente! Conte aí para os leitores como te achar e quais são os seus próximos projetos.

Também fico muito grata por ter espalhado conhecimento por aqui! 🙂

Vocês podem acompanhar os meus conteúdo sobre praticidade, produtividade e mobile office no Workaulait, conferir todos os meus serviços disponíveis no meu site e também podem me acompanhar de pertinho no Facebook e Instagram. ❤️


👩‍💻 CURTIU? AQUI TEM + IDEIAS BACANAS PARECIDAS, Ó: