Entrevista com Oliver Thi: dicas para uma vida mais tranquila e autêntica

Algumas pessoas simplesmente brilham. E, o que é ainda mais raro, esse brilho é capaz de atravessar telas de computador, celulares e milhares de quilômetros de distância. Vocês sacam que o que eu quero dizer? Elas brilham com uma certeza e com aquele grau de intensidade de quem realmente abraçou todas as suas particularidades. Nesse sentido, algumas pessoas são mesmo com mas estrelas: não importa o quão longe elas estejam, a sua luz consegue chegar até nós com a mesma força.

E o nosso entrevistado de hoje é uma dessas pessoas – olha que sorte!

oliver_thi.png

O Thiago Oliveira é o dono-criador do site Oliver Thi e se você ainda não segue essa criatura lá no Instagram, eu estou te mandando parar tudo o que você está fazendo ir fazer isso agora mesmo – de verdade. Eu nunca conheci o Thi pessoalmente, mas comecei a seguir esse rapaz mineiro ano passado e, depois de meses de alguns meses vendo o que ele criava e divulgava na internet, eu sabia que precisava chamá-lo para fazer uma entrevista aqui para o blog.

Não só precisava, como precisava muito.

Primeiro pela sua autenticidade – que é gigantesca, imensa, do tamanho de mil estádios do Maracanã colocados um do lado do outro. E em segundo pela simplicidade tranquila e objetiva com a qual ele lida com a sua rotina e com o seu trabalho. Falar de organização e de planejamento de tempo pode parecer, muitas vezes, um monstro de sete cabeças que você precisa alimentar com centenas de planilhas do Excel e com planos detalhados e complexos para o futuro.

E bem, a parada não é exatamente assim. Não sempre e nem tão preto-no-branco, pelo menos.

Existem muitas e muitas formas de integrar o seu estilo de vida, a sua personalidade e o seu trabalho com o tempo que você tem disponível durante a semana - e é por isso que eu amo entrevistar pessoas e trazer as respostas delas aqui para vocês, de vez em quando. É tão refrescante perceber que existem outras formas de gerenciamento de vida totalmente diferentes da nossa. E ainda melhor é perceber que a gente pode aprender a ser mais tranquilo, relaxado e responsável sem precisar ser, ao mesmo tempo, estressado, controlador e muito fechadinho dentro das suas próprias ideias.

Aí sim a coisa fica boa.

Para quem não sabe, o Thi (que vem de Thiago) é um criador de coisas, como ele mesmo diz – todas elas. O seu canal no youtube é uma mina de ouro para quem gosta de artesanato, craft e DYI e ele também criou oficinas online de branding, de bordado, de feltro e de fotos e vídeos criativos. Hoje em dia ele está fazendo mestrado em Design e Cultura Visual lá em Portugal e, de quebra, ainda compartilha várias ideias, planos e hábitos saudáveis de vida com a gente lá no Instagram.

Se esse moço não é pra casar, eu não sei mais quem é. E bem, okay. Sem mais blá-blá-blá, vamos ao que interessa, meu povo: pegue um café, se afofe na sua cadeira e vem mergulhar nessa nossa conversa. :)


 

O seu jeito de se organizar e de planejar os seus objetivos de vida mudou nos últimos anos em algum aspecto? Se sim, qual? completamente! já passei do sem planos nenhum, pra um completo neurótico (leia-se TOC). até que depois de muitos problemas, até de saúde, resolvi respeitar meu corpo, alma e coração, e tentar equilibrar tudo. hoje, mantenho o mínimo de ordem possível pra energia e criatividade fluir, mas em neuras, deixando a vida ser naturalmente boa!

planner e agendas ajudam, mas sem crise também, tento ser maleável e priorizar o que é mais importante: a vida e conexões reais com as pessoas queridas! os objetivos começam nos sonhos, que devagarinho, vou tirando do campo das ideias e materializando, dia após dia, e tentando definir caminhos possíveis. se algo não vai bem, é sinal que preciso recalcular algumas rotas, e olha que a vida já me ensinou bastante a ser resiliente e me adaptar viu!

 
oliverthi_yuri_studio_perfil.JPG

O que você costuma fazer quando está se sentindo estafada e precisa recarregar as baterias? durmo. hahahah JURO! ou saio pra passear com Yuri, ou cozinho (amo amo amo). olhar o céu, sempre ajuda também.

 

Qual foi a compra de menos de cem reais que mais melhorou e otimizou a sua vida nos últimos meses? meu mixer <3 sério, o que um trocinho tão pequeno pode fazer! não preciso de batedeira, liquidificador, nada, só ele! e me custou 18 euros (uns 80R$).

Qual foi o pior conselho que você já escutou alguém dar dentro da sua área ou do seu meio de trabalho? de que eu não podia ser professor por ser tão eu. ¬¬

 

Quais são as estratégias específicas que você usa para planejar e organizar as suas metas do ano? sonhar primeiro. imaginar e ver se gosto da sensação. depois, por no papel. aí é planejar de forma equilibrada e usar uma agenda. e ser maleável. o resto, vou “sentindo” a vida me dizer, e vou fazendo. sério, não sei explicar isso, haha.

 

Se você pudesse escrever qualquer coisa em um outdoor bem grande, bem no centro da cidade, o que seria? o essencial é invisível para os olhos. <3

 

Você tem algum tipo de ritual para começar bem a manhã? Como costuma ser a primeira hora do seu dia? sim! meu café da manhã! geralmente frutas com granola, pão com manteiga ou geleia e suco de laranja. e um mamão ou maçã.

 

Qual é o hábito mais simples que você tem e que, ao mesmo tempo, mais te ajuda a se manter produtiva durante o dia? caminhar com Yuri. não sei explicar mas isso me faz transbordar.

 
oliverthi_menino_.jpg

Qual tem sido a sua maior pedra no sapato em relação à organização e ao planejamento, ultimamente? minha auto-cobrança. às vezes me pego como um ditador comigo mesmo, e isso não é legal. temos que tentar encontrar um ponto de equilíbrio nisso e respeitar nossas emoções até nisso.

 

Me diga uma coisa na qual você firmemente acredita mas a maioria das pessoas acha totalmente doida. que tudo que podemos imaginar é real :D esse Picasso que não sai da cabeça!


 

E ó, aqui embaixo tem outras ideias que podem te abrir ainda mais os horizontes:

comentários? dúvidas? sugestões?