Passos básicos para implementar o GTD: infográfico

Sabe quando você chega em um lugar onde não conhece ninguém? Uma festa, um show, uma social na casa de algum conhecido onde todo mundo está conversando, bebendo e se enturmando – menos você.

Você conhece só uma pessoa, que te obrigou a sair de casa, e não consegue se enturmar com mais ninguém. Você pega uma bebida e um salgadinho, vai para um canto e fica observando de longe.

Os leitores introvertidos vão captar rapidamente o que eu estou querendo dizer. Quando você é a ovelha negra da família ou o introvertido da festa, pode ser bem difícil pegar a vibe certa do lugar. Você se enrola, fica na dúvida do que deve dizer e não sabe como interagir naturalmente.

Se você acabou de chegar na festa do GTD e está se sentindo assim, seja muito bem vindo. Eu sou a sua anfitriã e estou aqui para te dizer: relaxe.

Respire fundo, arrume um lugar confortável para sentar e vem comigo.

O texto de hoje foi feito sob medida para quem acabou de descobrir o GTD e está na dúvida de como colocar toda essa teoria em prática. São tantos passos e possibilidades que a cabeça pode dar um nó mesmo – especialmente no início.

Para facilitar a vida, preparei um infográfico com os passos básicos do GTD. Ele vai te dizer qual é o caminho que precisa ser percorrido para você colocar esse lindo método em prática, do início ao fim.

Se você já conhece o GTD de outros carnavais vai perceber que deixei alguns detalhes de fora.

Recomendo então três outros textos que podem ser mais úteis para você: esse aqui é uma resenha bem ampla de como o GTD funciona, esse explica como criar um projeto de sucesso com o GTD e esse fala de como o conceito de horizontes podem te ajudar a alcançar os seus objetivos.

Para ainda mais informações, recomendo o blog da Thais Godinho e o grupo do Facebook do GTD Brasil, onde várias pessoas discutem diariamente sobre o método, tiram dúvidas e dão sugestões super legais.

Sem mais delongas, vamos dar início à essa festa!

 
 

📝 CURTIU? AQUI TEM + IDEIAS BACANAS PARECIDAS, Ó: